História do Dragão

História do Dragão

 - Registros Antigos
Você está aqui: Criação >> História do Dragão 3
(Leia História do Dragão Parte 1 Primeiro)

Dragões na Literatura Antiga
Na literatura, os dragões são certamente um tema antigo praticamente universal. Os dragões são encontrados na literatura primitiva dos ingleses, irlandeses, dinamarqueses, noruegueses, escandinavos, alemães, gregos, romanos, egípcios e babilônios. Entre os índios americanos, lendas de dragões floresceram entre os Crees, Algonquins, Onondagas, Ojibways, Hurons, Chinooks, Shoshones e os esquimós do Alasca.

Um dos contos noruegueses mais famosos a respeito de dragões é sobre "Saga dos Volsungos", tendo como tema "O assassinato de Fafnir". Sigurd, o herói da épica, tem medo do dragão Fafnir porque seus rastros parecem grandes. Isso certamente teria sido verdade sobre os dinossauros de grande porte, se as pegadas em si, ou o som de sua abordagem, estivessem sendo considerados. Sigurd se esconde em um buraco e, quando o dragão se arrasta para a água, ele ataca o seu coração. Novamente, se um homem fosse matar um dinossauro grande, esta seria uma forma inteligente de fazer isso, pois o homem estaria fora do caminho da cauda poderosa da criatura e dos seus dentes afiados. Provavelmente a cabeça, pescoço e coração eram as únicas áreas verdadeiramente vulneráveis no corpo enorme. A maioria dos dinossauros era basicamente criaturas da água. Portanto, tudo nessa cena é totalmente realista e uma boa estratégia de caça de dinossauros.

Sigurd tem medo de que irá se afogar no sangue do dragão, e isso pode ser uma outra indicação do tamanho da criatura. Se o dragão tivesse caído sobre a boca do poço, o afogamento de Sigurd no seu sangue teria sido uma possibilidade distinta.

À medida que o dragão se aproxima, ele solta um golpe de veneno. O dragão conversa com Sigurd. Com certeza esse conto tem sido embelezado, mas isso é de se esperar em um conto folclórico que foi transmitido por várias gerações. O amigo de Sigurd, Regin, arranca o coração do dragão e pede a Sigurd que o asse e o sirva a ele. Quando Regin toca o sangue do dragão à sua língua, ele entende a linguagem dos pássaros. Aqui provavelmente temos um enfeite da história, talvez associando dragões em uma forma simbólica com sabedoria, uma associação frequente na literatura primitiva.

O dragão neste épico primitivo dinamarquês e o dragão no épico primitivo inglês, Beowulf, guardam um tesouro. Nós podemos apenas especular sobre a origem desta ideia. É possível que um dinossauro de fato fugiu com alguns itens, ou é possível que a morada dos dinossauros era tão inacessível que os povos antigos imaginavam que suas tocas eram cheias de tesouros. Será que os dois dragões vêm da mesma lenda primitiva? Nós não sabemos com certeza.

O dragão não identificado em Beowulf também vomita chamas. Tem 16 metros de comprimento, como medido após a sua morte. Tal como acontece com Fafnir, "moradores da terra têm muito medo dele". Ele é uma criatura da noite, associada com o mal, e descrito como "sereno" e "odioso".

Dragões na Lenda e Folclore
Heróis gregos que supostamente assassinaram dragões são Hércules, Apolo e Perseu. Na verdade, o World Book Encyclopedia (1973) diz que "cada país teve dragões em sua mitologia". Na mitologia nórdica, uma grande árvore de Cinzas, Yggdrasil, que supostamente sustenta todo o universo, tinha três raízes imensas. Uma raiz estendia para a região da morte. Niflheim e o dragão Nidhogg perpetuamente roeram a raiz da árvore. Esta situação precária, que parece colocar todo o universo à mercê de Nidhogg, talvez mostre o medo profundo, consciente ou inconsciente, dos proto-nórdicos daqueles “lagartos terríveis”. Se as temíveis criaturas estavam ameaçando os ancestrais dos povos nórdicos, pode-se ver facilmente como tal mito poderia ter se desenvolvido.

Os egípcios escreveram sobre o dragão Apophis, inimigo do deus sol Re. Os babilônios registraram sua crença no monstro Tiamat. O povo nórdico escreveu sobre Lindwurm, guardião do tesouro de Rheingold e que foi morto pelo herói Siegfried. Os chineses escreveram sobre dragões em seu livro antigo, I Ching, associando as criaturas com poder, fertilidade e bem-estar. Eles também usaram dragões como um tema na arte primitiva, cerâmica antiga, pompa e danças folclóricas. A serpente enfeitada dos astecas pode ter representado um híbrido do seu pensamento entre um dragão e outra criatura. A cerâmica da cultura primitiva Nazca do Peru mostra um monstro canibal muito parecido com um dragão.

Na Colúmbia Britânica, acredita-se que o lago Sashwap é o lar do dragão Ta Zam-a e o lago Cowichan do dragão Tshingquaw. Em Ontário, Lago Meminisha tem a reputação de ser o lar de uma serpente parecida com um peixe e muito temida pelo índios Cree. Angoub é o dragão lendário de Huron, o dragão Hiachuckaluck em quem os Chinooks da Colúmbia Britânica acreditavam.

Os dragões são tão amplamente aceitos como parte do folclore irlandês que Robert Lloyd Praeger, naturalista, diz que são "uma parte comum da zoologia irlandesa". Dr. P.W. Joyce, historiador, em seu livro sobre nomes de lugares irlandeses, diz: "lendas de monstros aquáticos são muito antigas entre o povo irlandês" e mostra que muitos nomes de lugares irlandeses resultaram de uma crença nesses dragões.

Leia História do Dragão Page 4 Agora!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Perspectivas Científicas de Enxergar o Mundo

Extinção dos Dinossauros
Datação radiométrica
História do Dragão
Fósseis de Dinossauro
Homem de Piltdown
Idade da Terra
Idade da Terra
Conteúdo adicional ...

Perspectivas Filosóficas de Enxergar o Mundo
O que a Bíblia declara ser verdade?
Teísmo
Fundadores dos Sistemas de Crenças
Religiões Mundiais
Descubra a verdade
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add História do Dragão to My Google!
Add História do Dragão to My Yahoo!
XML Feed: História do Dragão
Criação Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutCreation.org, Todos os direitos reservados.