Tudo Sobre Criação Pôr do sol sobre o campo verde - Tudo Sobre Criação Bandeira

Idade da Terra


Idade da Terra: Um estudo da viabilidade
Idade da Terra - É possível determinar uma coisa assim com toda a certeza? A formação da Terra é o que é conhecido como uma "singularidade". O evento não pode ser repetido em um laboratório e não está ocorrendo na natureza agora. Na determinação da Idade da Terra, os cientistas devem fazer suposições que parecem razoáveis com base em dados observáveis. Certeza e suposição são opostos. Portanto, o estudo da Idade da Terra é um "estudo de viabilidade".


Idade da Terra: Terra Jovem contra Terra Antiga
A comunidade científica apresenta a Idade da Terra de dois campos distintos: Os defensores da "Terra Jovem" e os defensores da "Terra Antiga". Existem vários cronômetros naturais que parecem indicar ou uma Terra Jovem ou uma Terra Antiga. Ambos os campos se utilizam de tais cronômetros para defender a sua posição. Ambos afirmam que o seu modelo é mais viável. Como, então, essa disputa será resolvida?


Idade da Terra: Fatores Limitantes
A resposta para a questão da idade da Terra encontra-se nos "fatores limitantes". Embora seja impossível ter certeza de quando a Terra foi formada, podemos determinar quando a Terra não foi formada. Fatores limitantes são explicados de forma melhor com esta ilustração: um barco afunda. A bordo está um baú cheio de moedas de ouro. Com o passar do tempo, o naufrágio é esquecido. Séculos mais tarde, o barco é descoberto, e o baú cheio de moedas é recuperado. Como podemos determinar quando o barco afundou? Talvez não sejamos capazes de identificar a data exata, mas somos capazes de determinar quando o barco não afundou ao avaliar as datas nas moedas. Se uma moeda é marcada com 1756, sabemos que o barco não afundou em 1755 ou 1730 ou 1610, etc. Deve ter afundado depois da moeda ter sido cunhada. A moeda é um "fator limitante".


Idade da Terra: Fatores que apontam a uma Terra Jovem
Há muitos fatores limitantes da possível idade da Terra. Aqui estão alguns exemplos:

Campo Magnético. O campo magnético da Terra é essencial para a vida na Terra por muitas razões. Uma razão é que ela desvia grande parte da radiação cósmica que destrói a vida. Medições precisas do campo magnético da Terra têm sido feitas em todo o mundo desde 1829. Durante esse tempo, ela tem se deteriorado de forma exponencial -- isto é, ela tem seguido uma curva previsível. Através de gráficos desta curva, podemos extrapolar que a vida não teria sido possível antes de 20.000 aC (o campo seria tão forte como o do Sol nesse momento) e deixará de existir depois de 10.000 AD (não sobrará, para todos os efeitos práticos, nenhum campo e a Terra será frita pela radiação cósmica).

Rotação da Lua. A rotação da Terra está diminuindo de velocidade. Nós "pulamos" um segundo a cada ano e meio. Se está diminuindo de velocidade, isso implica que a certo ponto estava indo muito mais rápido. Uma rotação mais rápida criaria uma Força de Coriolis mais forte, e a vida como a conhecemos seria impossível.

Deriva da Lua. A lua está lentamente se afastado da Terra. Se está ficando cada vez mais longe, então a um certo ponto ela estava muito mais próxima. A Lei do Quadrado Inverso em física afirma que se a lua tivesse apenas a metade da sua distância, o seu efeito gravitacional sobre nossas marés seria quadruplicado. Um terço da distância, e seria 9 vezes mais forte. Todos nos afogaríamos duas vezes por dia. 1,2 bilhões (1.200 milhões) de anos atrás, a lua estaria tocando na Terra.


Idade da Terra: Jovem não é irracional
Há uma série de fatores limitantes adicionais quanto à idade da Terra que os cientistas estão descobrindo com uma frequência cada vez maior. Curiosamente, todos eles parecem indicar uma Terra Jovem, ou certamente não uma que tem a idade de milhões ou bilhões de anos. Ao contrário do pensamento geral do século passado, muitos cientistas agora acham que enxergar a Terra como sendo jovem seja razoável.

Descubra mais agora!

Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutCreation.org, Todos os Direitos Reservados